Estande de Roberta Sudbrack é retirado do Rock in Rio após apreensão de alimentos

A chef Roberta Sudbrack, que era um dos principais nomes da área gourmet do Rock in Rio, saiu do festival em seu primeiro dia de trabalho, depois que a Vigilância Sanitária apreendeu mais de 80 kg de queijo e 80 kg de linguiça que, segundo ela, estavam dentro da validade e apenas não tinham um selo exigido pelos agentes para a liberação. A chef afirmou que acionará a Justiça para resguardar seu estoque.

Roberta ficou indignada e divulgou o episódio nas redes sociais. “A Vigilância Sanitária invadiu meu estande no Rock in Rio com quase 15 pessoas e decretou que os queijos brasileiros, bem como a charcutaria brasileira da melhor qualidade, meus fornecedores há pelo menos 20 anos, não são bons o bastante para comercialização”. A chef acrescentou que os agentes agiram sem bom senso e que os alimentos haviam sido aprovados pelo controle do festival e órgãos de inspeção do Estado.

E chef disse que saiu com enorme prejuízo, e que decidiu desistir do Rock in Rio em nome de sua “ética é profissionalismo”. E ainda que não suportou ver “comida da melhor qualidade sendo jogada fora” enquanto tantas pessoas passam fome. “Ajude a salvar a dignidade da gastronomia brasileira!”, pediu.

Uma das chefs mais prestigiadas do Rio, Roberta Sudbrack ficou conhecida em todo o Brasil quando comandou a cozinha da Prefeitura da República no governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2003). A reportagem ainda não conseguiu um posicionamento da Vigilância Sanitária do Rio sobre o caso.

Fonte: ISTOÉ Independente