Com vários desfalques, Botafogo tem pela frente a Chapecoense no Engenhão

Com desfalques e diante de um time que precisa pontuar para se afastar da zona de rebaixamento, o Botafogo recebe a Chapecoense nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio do Engenhão, no Rio, na retomada do Campeonato Brasileiro, em sua 27.ª rodada. O técnico Jair Ventura terá ausências em todos os setores do campo e corre ainda o risco de ter de recorrer ao seu terceiro goleiro.

O titular do gol, Gatito Fernandez, estava à serviço da seleção paraguaia, que encararia a Venezuela em casa nesta terça-feira pela última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. Sem poder contar com Jefferson, que não se recuperou de uma amidalite, o Botafogo planejou o retorno de Gatito já para a manhã desta quarta. Se tudo der certo, ele estará com o grupo no início da tarde. Caso o voo atrase ou o paraguaio sinta o desgaste, Helton Leite será o titular.

Outro problema está na lateral direita. O titular Luis Ricardo sofreu uma pancada no pé esquerdo e não treinou nesta semana – é improvável até mesmo que fique no banco de reservas. No meio de campo, o chileno Leo Valencia cumpre suspensão, enquanto que no ataque o Botafogo perdeu Roger até o fim da temporada devido à retirada de um tumor renal.

O Botafogo precisa vencer a Chapecoense para se manter no G-6 do Brasileirão, grupo que se classifica para a Libertadores do próximo ano. O time vinha embalado, com uma sequência de quatro vitórias consecutivas, mas perdeu em casa de virada para o Vitória na última rodada. Se tropeçar nesta quarta-feira, poderá perder a sexta posição para o rival Flamengo nesta quinta.

Por isso, o time promete foco na vitória. “A gente ficou triste pela virada (diante do Vitória), mas sabemos que temos condições de conseguir a vaga direta para a Libertadores. Não vai ser um acidente que vai tirar nossa confiança”, afirmou Bruno Silva. “A derrota incomodou, mas não podemos ficar pensando. A gente vai atrás dessa vaga”.

Fonte: ISTOÉ Independente