Brasileiro ganha prêmio de Designer do Ano em Nova York

À frente do grupo Arezzo & Co., que engloba a Arezzo, Schutz, Anacapri, Fiever a marca que leva seu nome, Alexandre Birman recebeu na terça-feira, 10, a glória máxima concedida pela FFANY – Fashion Footwear Association of New York: o prêmio de Designer do Ano. A entrega se deu num jantar de gala beneficente em prol da luta contra o câncer de mama, no Ziegfeld Ballroom, em Manhattan.

“Isso é algo que vai estar escrito na história pra sempre. Ter esse reconhecimento da indústria americana nos motiva muito com o potencial de crescimento que a gente tem, inclusive de expansão nos Estados Unidos”, disse Birman durante o evento, apontando que toda a indústria do país no setor estava ali naquela noite.

CEO de uma empresa que faturou 1.5 bilhão de reais no ano passado, em meio a uma economia recessiva, ele também compartilhou sua estratégia de sucesso: “Ter um posicionamento estratégico muito bem-feito, olhando sempre a longo prazo, me cercar de pessoas sempre muito bem qualificadas, ter um plano, ter fé e trabalhar muito”.

O designer estava acompanhado da mulher, Johanna Stein Birman, com quem completava na data oito anos de casado. “Eu lembro quando ele estava posicionando a marca nos Estados Unidos e a gente via esse prêmio acontecer. Era um sonho, a coisa mais incrível do mundo, e agora a gente está aqui. Eu fico muito, muito orgulhosa. Ele merece”, disse a modelo, de vestido Miu Miu no mesmo tom azul de seus olhos.

O evento, denominado “FFANY Shoes on Sale”, colocou à venda sapatos de diversos estilistas com preço especial, cuja renda será revertida para o apoio a pesquisas sobre o câncer de mama. Em sua 24º edição, já arrecadou mais de 50 milhões de dólares.

Fonte: ISTOÉ Independente