Temer traça estratégia de defesa com aliados antes de viajar para Nova York

16/09/201713h58Às vésperas de embarcar para os Estados Unidos, nesta segunda-feira (18), o presidente Michel Temer passa o fim de semana em Brasília reunido com aliados para traçar sua estratégia de defesa diante da contra ele apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Neste sábado (16), reuniu-se no Planalto com os ministros Aloysio Nunes (Relações Exeteriores) e Sergio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional) para discutir detalhes da reunião da ONU (Organização da Nações Unidas), como discurso, reuniões bilaterais e um jantar que Temer terá com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na segunda-feira (18).
A previsão é que Temer viaje a Nova York com uma comitiva que conta com os dois ministros denunciados com ele: Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral).
Antes de embarcar, Temer participa da cerimônia de , Raquel Dodge.
ESTRATÉGIA
Ainda há um impasse sobre se o presidente para rebater a denúncia da PGR (Procuradoria-Geral da República) de que ele cometeu crime de organização criminosa e obstrução de Justiça.
Segundo a Folha apurou com um auxiliar de Temer, a ideia de falar aos jornalistas veio depois de o presidente conversar com seu advogado, Antonio Cláudio Mariz, e com seu marqueteiro, Elsinho Mouco, na tarde desta sexta-feira (15), em São Paulo.

Fonte: Folha de S.Paulo