Estudantes brasileiros são ‘felizes’ e estão entre os que mais usam internet fora da escola, diz OCDE

Direito de imagemGoverno da Bahia.

44,6% dos jovens brasileiros entrevistados se disseram ‘muito satisfeitos’ com suas vidas Há mais estudantes brasileiros que se dizem felizes do que na média dos países desenvolvidos, revela um estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgado nesta quarta-feira.

A pesquisa diz ainda que os adolescentes no Brasil também estão entre os que mais usam a internet fora da escola.
Os dados estão no relatório “O Bem-Estar dos Estudantes”, o terceiro volume do último estudo PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos) de 2015, que entrevistou 540 mil jovens de 15 anos de redes públicas e privadas de ensino em 72 países.

Rebaixar o currículo: a ‘tática’ para conseguir emprego que floresce na criseO que levou premiê britânica a convocar eleições antecipadasA pesquisa pediu que os alunos avaliassem, em uma escala de 0 (“a pior vida possível”) a 10 (“a melhor vida possível”), o grau de satisfação com suas vidas.
A média do Brasil foi de 7,59, pouco acima dos 7,31 obtidos na média dos países da OCDE, que reúne 35 economias, a grande maioria desenvolvidas.

Fonte: BBC