‘Avenida São João, sem número’: os moradores que construíram casas inteiras nas ruas de São Paulo

Direito de imagemGuilherme Henrique/BBC Brasil.

Wladimir del Vecchio (no alto, à esq.) montou uma verdadeira casa sob o Minhocão, em São Paulo; Luciano Muniz ergueu fez sua moradia de madeira em uma praça Quando Wladimir del Vecchio acordou, na manhã do primeiro sábado de abril, observou a janela aberta para um lago, refletindo o céu claro sobre um jardim de flores rosas, arbustos verde-pântano e montanhas num horizonte distante. Era o terceiro dia sem acender nenhum cachimbo de crack.

A imagem da casa no bosque, preservada em uma tela encontrada no lixo dias antes, conseguiu lhe distanciar da realidade apenas por alguns minutos. “O barulho impossibilita qualquer distração”, comenta. À esquerda e à direita, ouve-se o barulho de ônibus, carros e motos, a movimentação de pessoas pela calçada e os latidos de um cão aparentemente abandonado.
Ainda deitado em um colchão de casal, são seus móveis improvisados que lhe dão alguma privacidade. Quem passa pela avenida São João, no centro de São Paulo, não consegue enxergar o que há dentro da “sala” em que ele vive desde o início do ano.

Fonte: BBC