Após soltar presos, STF se prepara para mais dois julgamentos que podem impactar Lava Jato

Direito de imagemRosinei Coutinho/SCO/STF.

STF deve julgar nas próximas semanas ações que podem mudar rumos da Lava Jato Após soltar quatro presos preventivos da operação Lava Jato nos últimos dias, incluindo o ex-ministro José Dirceu, o Supremo Tribunal Federal se prepara para julgar mais duas ações que podem ter impacto relevante sobre os rumos da investigação.

Está marcada para o próximo dia 18 a análise de dois pedidos para que seja declarada inconstitucional a condução coercitiva (ou seja, forçada) de investigados para depoimento. A medida já foi usada 205 vezes na Lava Jato, segundo dados da Polícia Federal, inclusive contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Já para 31 de maio, está previsto que o STF decida sobre restringir ou não o foro privilegiado de autoridades apenas a eventuais crimes cometidos no exercício de seus mandatos.

O que a soltura de Dirceu diz sobre os rumos da Lava JatoO choro do apresentador de TV americano Jimmy Kimmel pela doença do filho recém-nascidoSe a proposta for aprovada, supostas ilegalidades sem relação com seus cargos não seriam mais julgadas pelo Supremo, mas remetidas para varas de primeira instância, como a do juiz Sergio Moro em Curitiba.

Fonte: BBC