Papa pede mediação para resolver tensão entre Estados Unidos e Coreia do Norte

Papa Francisco sugeriu um país já com experiência em mediação e conciliação, como a Noruega, para tentar esfriar a situação na região da Península Corea Agência Lusa/EPA/Giuseppe Lami/Direitos ReservadosO Papa Francisco defendeu que o acirramento das tensões entre Estados Unidos e Coreia do Norte deve ser resolvido pela via diplomática, e que para isso, a mediação é um caminho válido. Ele falou sobre o conflito entre Pyongyang e Washington, durante uma conversa com jornalistas, que o acompanharam na viagem aérea de regresso do Cairo, no Egito, para o Vaticano, no último sábado, (29).

Saiba MaisTrump diz a defensores de armas nos EUA que eles têm um “amigo” na Casa BrancaCoreia do Norte vai acelerar programa nuclear em resposta à política de Trump
Francisco sugeriu um país já com experiência em mediação e conciliação, como a Noruega, para tentar esfriar a situação na região da Península Coreana. Ele expressou sua preocupação com a escalada de tensões e disse que acreditar que boa parte da humanidade poderia ser destruída em qualquer guerra generalizada.
O Pontífice disse que está pronto para receber o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que no mês que vem deverá visitar a Europa. Segundo ele, ainda não há informação de que Washington tenha feito um pedido formal para um encontro, mas Francisco disse que está disponível para se reunir com Trump.

Fonte: Agência Brasil