Distrito Federal confirma segunda morte por influenza A H3

A Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal confirmou a segunda morte por influenza A H3 este ano. A vítima, uma mulher de 52 anos, tinha pneumopatia, doença cardiovascular crônica e obesidade. A paciente chegou a ser tratada com antiviral Oseltamivir, conforme protocolo de tratamento de influenza do Ministério da Saúde, e foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Até agora, foram notificados 221 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, doença provocada pelo vírus influenza, no DF, dos quais 65 foram confirmados. Ainda não houve registro de casos de H1N1 este ano.
A diretora de Vigilância Epidemiológica da secretaria, Heloísa Araújo, disse que os casos confirmados até agora estão incluídos no período sazonal, ou seja, são comuns nesta época do ano. “Não existem motivos para pânico por parte da população do DF. Aqueles que sejam portadores de doenças crônicas não transmissíveis devem buscar a vacinação, além dos demais grupos prioritários.”
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou no dia 17 de abril e seguirá até o dia 26 de maio. Na véspera do dia das mães, 13 de maio, será feita o Dia da Mobilização Nacional (Dia D), em todo o país. No DF, 150 postos estarão abertos para vacinação neste dia.

Fonte: Agência Brasil