Filho mata o pai a facadas durante videoconferência via Zoom em NY

A polícia prendeu um homem que matou o pai a facadas enquanto este participava de uma videoconferência do Zoom com pessoas assistindo.

A plataforma tem sido muito usada para reuniões e encontros durante o período de isolamento social por permitir que vários usuários interajam ao mesmo tempo. 

O incidente foi relatado por volta do meio-dia de quinta-feira, 21, em uma residência na Avenida Dixon. A polícia do condado de Suffolk diz que a vítima de 72 anos, Dwight Powers, estava em um vídeo-chat com cerca de 20 pessoas quando foi esfaqueado por seu filho de 33 anos.

Segundo a polícia, as pessoas do vídeo notaram o homem cair e ficaram preocupadas. Então eles viram outra pessoa, que parecia nua, retirando lençóis de uma cama.

“Os lençóis estavam sendo arrancados da cama por um cavalheiro que parecia estar nu, além de careca, e ele tinha uma tatuagem no braço esquerdo. Depois, ele colocou os lençóis no chão como se estivesse escondendo algo”, disse uma testemunha do crime que não quis ser identificada.

Um dos participantes chamou a polícia. Quando os policiais chegaram, o filho atendeu a porta, mas depois tentou fugir pulando pela janela. Ele foi pego a cerca de uma milha de distância. Mais tarde o autor do crime foi identificado como Thomas Scully-Powers e levado ao quartel-general da polícia do condado de Suffolk.

Nesta sexta-feira, 22, o jovem foi formalmente acusado de homicídio em segundo grau, segundo a polícia. Com informações da ABC NY. 

Related Images:

[See image gallery at gazetanews.com]

O post Filho mata o pai a facadas durante videoconferência via Zoom em NY apareceu primeiro em Gazeta News: O maior Jornal Brasileiro da Florida, nos EUA.

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook