EUA suspendem restrição de entrada a noivos e acompanhantes de menores

Os Estados Unidos acabam de ampliar as categorias de pessoas que podem entrar no país, expandindo a lista de exceções de interesse nacional (NIE, na sigla em inglês). Medida está valendo apesar das restrições de viagem impostas para conter a entrada de novas variantes do coronavírus. As informações são da Folha de S.Paulo.

A nova regra aplica-se a estrangeiros que estejam noivos de cidadãos norte-americanos, que tenham um possível empregador com sede nos EUA, sejam acompanhantes de menores de idade em condições específicas ou trabalhem no setor de aeronáutica. Atualmente, o bloqueio está em vigor para a maioria dos cidadãos não americanos que estiveram no Brasil, China, Irã, África do Sul, Reino Unido, Irlanda e nos 26 países europeus do Espaço Schengen nos últimos 14 dias.

Na lista de exceções estão, entre os “visitantes de intercâmbio”, cuidadores de crianças com deficiência ou necessidades médicas especiais e cuidadores de menores de idade cujos pais são profissionais de saúde na linha de frente da covid-19 ou pesquisadores da área. Estagiários e trainees em programas patrocinados por agências governamentais americanas também passam a poder entrar. As restrições de viagem a passageiros não americanos que chegam aos EUA vindos do Brasil e da Europa foram impostas pelo novo presidente, Joe Biden, em 25 de janeiro. A África do Sul acabou sendo adicionada à lista de limitações.

Fonte: Brazilian Press

Comentários Facebook