EUA: Júri declara culpado marido acusado de matar esposa “camgirl” no Alabama

O norte-americano Jeff West foi condenado ontem pela Justiça dos Estados Unidos, considerado culpado pela morte da própria esposa. Ele teria atingido Kat West com uma garrafada, após brigas que envolviam problemas de Jeff com o fato de ela se exibir sensualmente em webcams. A morte aconteceu em janeiro de 2018, na cidade de Calera.

Os promotores argumentaram que a mulher, conhecida como Kitty Kat, foi agredida pelo marido com uma garrafa de absinto. A defesa alegou que tudo não passou de um acidente e que Kat caiu e bateu a cabeça, por estar bêbada.

Mom of Alabama cam-girl wife testifies on behalf of accused killer husband

De acordo com o site Alabama Local News, Jeff foi processado por assassinato, motivado por excessos de ingestão de álcool de Kat e por problemas entre eles pelo fato de ela se exibir em sites de webcam. O caso precisou de cerca de cinco horas de deliberação do júri para que se tomasse uma decisão, que foi unânime. A pena ainda será anunciada, em janeiro, e pode ir de dois a 20 anos de prisão. Jeff West seguirá preso até lá. O condenado não mostrou reações ao ouvir o veredito, mas, segundo seu advogado, ele seguirá alegando inocência.

'A suspect from the very beginning:' Kat West's husband charged with her murder | WBMA

Footage shows murdered mom at liquor store before she died | Daily Mail Online

Fonte: Brazilian Press

Comentários Facebook