EUA abrirão em novembro as fronteiras terrestres para estrangeiros vacinados

O Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira, 13, que as fronteiras terrestres do país norte-americano com o México e o Canadá reabrirão para viajantes vacinados a partir do mês de novembro. Os pontos de acesso ao país norte-americano estavam com duras restrições estabelecidas há quase 20 meses por causa da pandemia da Covid-19.

Com as novas regras, qualquer pessoa vacinada e com a documentação necessária poderá entrar no país pela fronteira terrestre sem precisar justificar o motivo da viagem. A decisão ocorre após meses de pressão do México e do Canadá, principalmente após o anúncio recente de que os EUA facilitariam a entrada de pessoas por via aérea, permitindo até mesmo vacinados com a CoronaVac, que não é aplicada no país.

Os viajantes não precisarão mostrar testes PCR negativos para entrar no país e passarão por uma verificação de duas etapas em relação às vacinas: primeiro serão questionados verbalmente pelos guardas da fronteira; depois, precisarão mostrar o comprovante de vacinação junto a outros documentos protocolares exigidos na entrada do país. Outros detalhes das regras para entrada e a data exata da abertura das fronteiras ainda não foram divulgados, mas a expectativa dos oficiais é de que a mudança passe a valer no começo de novembro. De acordo com o Centro de Controle de Doenças do país (CDC), todas as vacinas com uso emergencial aprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) serão aceitas. Isso inclui a chinesa Sinovac, aplicada em larga escala no Brasil e outros países latinos. Agora, o CDC corre para formalizar a aceitação daqueles que receberam duas doses diferentes de vacina, algo comum no Canadá. A previsão do país é de que no meio de janeiro de 2022 até mesmo os que estejam fazendo viagens essenciais tenham que apresentar comprovante de vacinação.

Fonte: Brazilian Press

Comentários Facebook