Empresário de Miami usa ajuda do governo para comprar Lamborghini de $ 318 mil

Após receber quase quatro milhões de dólares em ajudas do governo para socorrer empresas afetadas pela pandemia de Covid-19, um empresário de Miami usou o dinheiro para comprar uma Lamborghini no valor de $ 318  mil.  Agora, ele corre o risco de enfrentar até 70 anos de prisão.

Segundo as autoridades judiciais que investigam o caso, David T. Hines, de 29 anos, usou meios fraudulentos para obter o empréstimo.  Entre as acusações contra ele estão: fraude bancária, transações ilícitas e falsificação de documentos.

No pedido de ajuda encaminhada ao governo, Hines alegou ser proprietário de quatro negócios espalhados pelo Sul da Flórida e empregar mais de 80 trabalhadores que estariam sob o risco de demissão devido à pandemia. No total, ele declarou ele um déficit superior a $ 13 milhões em decorrência do coronavírus.

Os recursos do programa conhecido como PPP ( Personal Protection Loan) começaram a ser liberados para as supostas empresas de Hines em abril. Foram feitos três depósitos totalizando $ 3.984, 557 nas contas indicadas.

Além da lamborghini, ele usou os recursos para se hospedar em resorts de luxo em Miami , e na compra de jóias e roupas de grife.

A polícia do condado de Miami-Dade chegou até Daniel após ser flagrado sem máscaras em público. Na ocasião, ele recebeu uma multa de $ 100 dólares.

Fonte: AcheiUSA

Comentários Facebook