Questões controversas aguardam Legislatura de 2019 na Flórida

Questões controversas que vão desde armas até o aborto estarão na agenda da Legislatura da Flórida durante a sessão de 2019 que começou na terça-feira, 5. A sessão fornecerá um teste para o recém-eleito governador republicano Ron DeSantis.

Veja aqui algumas das questões que estão em jogo:

Armas

Professores de sala de aula que voluntariamente passam por treinamento poderiam ser autorizados a portar armas. Na última sessão, a Legislatura da Flórida autorizou a contratação de funcionários de escolas que não sejam docentes, como administradores, orientadores e
bibliotecários. Os professores da sala de aula foram deixados de fora dessa lista.

Mas a comissão estadual que investiga o tiroteio em Parkland recomendou que incluir professores poderia salvar vidas. A polícia geralmente não tem tempo hábil para parar um atirador porque a maioria dos tiroteios em massa acaba em questão de minutos, concluiu o painel.

Flórida figura entre os estados com dívida mais alta de empréstimos estudantis e de automóveis

O maior sindicato de professores do estado, a Associação de Educação da Flórida, se opõe à proposta, argumentando que os educadores devem se concentrar no ensino – não fornecendo segurança armada.

Meio Ambiente

Partes das águas da Flórida cheias de algas esverdeadas dominaram as eleições de meio de mandato da Flórida. DeSantis prometeu a eleitores que ele seria o governador que limparia as águas poluídas do estado. Ele fez do meio ambiente o tópico de suas primeiras grandes ordens executivas como governador.

Ele está pedindo ao Legislativo que aloque US $ 2,5 bilhões nos próximos quatro anos para a restauração dos Everglades e proteção das águas da Flórida, um aumento de US $ 1 bilhão nos gastos nos quatro anos anteriores. DeSantis também está pedindo a proibição do fracking, um método de perfuração de petróleo e gás que tem sido criticado por ambientalistas.

Maconha

A legalização da maconha para uso medicinal recebeu amplo apoio dos residentes da Flórida em 2016, reunindo cerca de 71% dos votos.
Enquanto a droga está disponível em comprimido, comestível, vape e óleo, o fumo foi proibido em um projeto de lei de 2017 aprovado pelo Legislativo.

Um juiz do condado de Leon determinou que a proibição do fumo é inconstitucional. DeSantis anunciou que não vai apelar dessa decisão, colocando pressão sobre o Legislativo para suspender a proibição de fumar.

Flórida é o 2º estado mais pecaminoso dos EUA, aponta pesquisa

No entanto, o uso recreativo da maconha não deve ser aprovado. O próprio DeSantis disse que se opõe à legalização da maconha para fins recreativos.

Educação

DeSantis está promovendo uma grande expansão dos programas de cupons que oferecem bolsas de estudo financiadas pelo estado para estudantes frequentarem escolas particulares.

Os defensores desses programas dizem que isso dá aos pais a opção de deixar uma escola pública que falhou. Os críticos argumentam que esses programas desviam dinheiro do sistema público para escolas particulares que não são regulamentadas
pelo estado. Já os democratas querem um aumento de 13% para os professores.

Aborto

A nomeação de juízes conservadores para o Supremo Tribunal Federal e Estadual poderia levar a novas restrições ao aborto.

A Flórida está entre os estados que estão considerando aprovar uma lei sobre “batimentos cardíacos fetais”. A medida proibiria o aborto assim que um batimento cardíaco fetal fosse detectado. Um batimento cardíaco fetal é geralmente detectável com cerca de seis semanas de gravidez, possivelmente antes de uma mulher saber que está grávida.

Os médicos que realizam abortos após a detecção de um batimento cardíaco enfrentariam acusações criminais. Exceções existem se a vida da mãe estiver em perigo ou se houver riscos sérios à saúde.

A lei da Flórida atualmente proíbe abortos após 24 semanas com exceções para a saúde da mãe. Com informações do Sun Sentinel.

O post Questões controversas aguardam Legislatura de 2019 na Flórida apareceu primeiro em .

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook