PF deflagra 2ª fase de operação que investiga crimes contra a Caixa

11/10/201715h04A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (11) a segunda fase da , que investiga uma quadrilha que teria se especializado em crimes contra a Caixa Econômica Federal.
Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, um mandado de prisão preventiva, dois mandados de prisão temporária e dois de condução coercitiva, em Curitiba, São José dos Pinhais e Colombo, no Paraná.
A operação investiga saques em contas poupança de clientes com grandes saldos, que não apresentavam histórico de retiradas. Um funcionário do banco identificaria essas contas e repassaria os dados ao líder do grupo criminoso, que realizaria retiradas até zerar o dinheiro ou ser descoberto.
Após análise de materiais apreendidos na primeira fase, deflagrada em 15 de setembro, a Polícia Federal identificou novos fatos e suspeitos e representou junto à Justiça Federal pelos novos mandados judiciais.
Na primeira fase, cerca de 150 policiais cumprem 23 mandados de busca e apreensão, 6 de prisão preventiva, 7 de prisão temporária, 6 de sequestro de bens e 1 de suspensão do exercício de função pública, nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Paraíba.
Os suspeitos, que incluem um funcionário ativo do banco, são acusados de crimes como furto e estelionato qualificado, peculato, uso de documento falso, falsificação de documento público e associação criminosa, segundo a PF.

Fonte: Folha de S.Paulo

Comentários Facebook

FN

Deixe uma Opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *