Investimentos dos governos federal, estaduais e municipais caem 26,2%

05/05/201716h24No primeiro ano da atual crise econômica brasileira, iniciada em 2015, o governo federal, Estados e municípios reduziram seus investimentos em R$ 36,2 bilhões, apontou o IBGE nesta sexta-feira (5).
A chamada formação bruta de capital fixo, indicador de investimento na economia, chegou a R$ 101,9 bilhões em 2015, queda de 26,2% em relação aos R$ 138,1 bilhões de 2014.
As três esferas de governo apresentaram queda nominal (sem descontar a inflação) na formação bruta de capital fixo. Os governos do estado tiveram o maior decréscimo, de 38%.
Os dados foram apurados pela publicação Estatísticas de Finanças Públicas e Conta Intermediária do Governo, pesquisa do IBGE em parceria com a Secretária do Tesouro Nacional e o Banco Central.
A queda de investimento coincide com a piora nas contas públicas. Os governos encerram 2015 com um deficit somado de R$ 512,2 bilhões.
A conta, que representou 8,5% do PIB naquele ano, inclui a diferença entre receitas e despesas do governo, excluídos os gastos com estatais e aquisição de ativos não financeiros.
O deficit somado registrou alta de 84% em relação ao apurado em 2014, quando somou R$ 276,9 bilhões, ou 4,9% do PIB.

Original Source