Demanda por voos domésticos volta a crescer após 19 meses de queda

Segundo a Anac, a oferta também registrou crescimento em março, de 3,5% na mesma comparação, após 18 meses consecutivos em queda. Já a taxa de aproveitamento das aeronaves ficou em 79%, o que representou alta de 1,9% frente ao mesmo mês do ano anterior, sendo a quinta variação positiva consecutiva do indicador e o maior nível já alcançado para o mês de março desde o início da série em 2000.

Fonte: G1