Confira as dez principais fraudes em compras pela internet

Lahis Belizario checa as páginas antes de inserir seus dados Foto: Ana BrancoA sofisticação das ameaças para o consumidor nas compras pela internet cresceu na mesma proporção que a da popularização do mercado online no Brasil. A CyberSource, empresa de serviços de gerenciamento de fraudes e pagamentos online, realizou uma pesquisa e mapeou as dez fraudes na internet mais comuns na América Latina em 2017 (veja as ameaças mais constantes na tabela abaixo).
O estudo aponta o chamado “phishing” (tipo de fraude focada em obter dados pessoais do usuário) como uma das principais fontes de preocupação no quesito segurança. Desde 2015, o Brasil lidera o ranking dessa fraude da Kaspersky Lab, empresa de antivírus. No país, 18,1% dos usuários foram alvo do crime no segundo trimestre deste ano. A China, segunda colocada, aparece com 12,9%. Para Moisés dos Santos, diretor de risco da Visa, o interesse do fraudador é conseguir, de alguma maneira, se passar pelo verdadeiro cliente.
— Praticamente conseguimos zerar as fraudes com chips de cartões, mas o golpista vai na internet tentar atrair a vítima com boas ofertas e fazê-la acessar um ambiente em que caia inadvertidamente — explica ele.
A estudante Lahis Belizário, de 23 anos, faz parte da geração que compra quase tudo pela internet e diz confiar nos sistemas de proteção.

Fonte: Extra Online