Secretário do Tesouro, Steven Mnuchin

Como forma de ajudar economicamente a população dos Estados Unidos durante a crise pelo coronavírus, o secretário do Tesouro Steven Mnuchin disse neste domingo, 29, que os americanos podem esperar que os cheques de estímulo serão depositados diretamente em suas contas dentro de três semanas.

O Congresso e o presidente Donald Trump promulgaram o pacote de estímulo na semana passada para enfrentar a dramática crise econômica causada pela pandemia da COVID-19.

Estão incluídos pagamentos diretos a muitos americanos, uma expansão sem precedentes nos benefícios de desemprego e US $ 350 bilhões em empréstimos a pequenas empresas.

Mnuchin disse a repórteres na Casa Branca que haverá uma página para aplicação disponível para quem não receber o depósito direto.

Ele também deixou uma mensagem para as pequenas empresas: “Volte e contrate seus trabalhadores porque o governo está pagando para você fazer isso”.

Mnuchin enfatizou que seu “objetivo número um agora é entregar aos trabalhadores e as empresas americanas o dinheiro necessário para movimentar a economia pelas próximas oito a dez semanas”.

Quem recebe e quanto

Sob o estímulo, os indivíduos receberão até US $ 1.200 e os casais receberão até US $ 2.400 – mais US $ 500 por criança. Mas os pagamentos começam a diminuir para indivíduos com renda bruta ajustada de mais de US $ 75.000 – o valor é então reduzido em US $ 5 para cada US $ 100 adicionais de receita bruta ajustada, e aqueles que ganham mais de US $ 99.000 não recebem nada.

Conforme já explicado em matérias anteriores, portadores de ITIN Number e indocumentados também não se qualificam para o benefício.

Informações: CNN.

O post Cheques de estímulo econômico devem chegar em 3 semanas apareceu primeiro em .

Fonte: Gazeta News