Agrishow termina com alta de 13% nas vendas e confirma otimismo do setor

05/05/201718h47Se depender dos resultados apresentados nesta semana na , a agropecuária brasileira deve ter um ano melhor que 2016.
Pré-balanço divulgado pelos organizadores na tarde desta sexta-feira (5) aponta que, desde a última segunda-feira (1º), o volume de negócios na feira agrícola, sediada em Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo) alcançou R$ 2,2 bilhões.
O montante representa alta de 13% em relação ao R$ 1,95 bilhão negociado na feira do ano passado. Entre os segmentos, a maior alta foi registrada por máquinas e equipamentos para irrigação (20%), seguida por grãos (12%) e pecuária e armazenagem (ambos com 11%).
Só no Banco do Brasil –um dos presentes à feira–, o volume de financiamentos entre segunda e esta quinta-feira (4) foi de R$ 646 milhões, 62,7% superior aos R$ 397 milhões do mesmo período da feira de 2016.
O crescimento ocorre num período de otimismo do setor agrícola. Desde o início da Agrishow, empresas apostavam na retomada do crescimento no campo. Essa foi a tônica, também, dos discursos na abertura, na última segunda.
A expectativa era baseada na recuperação do PIB (Produto Interno Bruto) da agropecuária.

Original Source