Carlos A. F. da Silva é reeleito ao Comitê Municipal Escolar em MA

Foto3 Carlos A. F. da Silva Carlos A. F. da Silva é reeleito ao Comitê Municipal Escolar em MA
“Esta vitória foi o resultado de um trabalho de porta em porta, pessoa por pessoa”, disse Silva

Ele é o primeiro brasileiro a ser eleito nos EUA e também o 1º a ser reeleito

Após fazer história na política americana ao se tornar o primeiro brasileiro eleito nos EUA em 2016, Carlos A. F. da Silva, foi reeleito no sábado (27), em uma acirrada disputa eleitoral em Hingham (MA), para a posição de “Vereador’ Educacional  – School Committee Member”. Carlos buscou a reeleição baseado em seu trabalho no 1º mandato e obteve 1.788 votos, para um novo mandato de 3 anos, ou seja, de 2019 a 2022. As informações são do jornalista e blogger Jehozadak Pereira (MundoYes.com).

Em 2015, Carlos concorreu ao posto que foi disputado por 4 candidatos para 2 vagas e obteve 1.300 votos, entretanto, não se elegeu. Em 2016, Silva era um dos 5 candidatos, desta vez para 3 vagas; sendo que um deles desistiu da eleição. Carlos conquistou 1.356 votos e foi eleito com a 2ª maior votação. Silva buscou a reeleição baseado em seu trabalho dos últimos 3 anos e sua candidatura era um pedido de muitos eleitores.

Foram três meses de campanha, quando Carlos fez comícios, eventos para angariar fundos, visitas de porta a porta, telefonemas, cartas, debates políticos e até um robocall. Ele tem emprego de carreira, pois é auditor do Estado de Massachusetts e responsável pela Zona Sul de Boston.

“Esta vitória foi o resultado de um trabalho de porta em porta, pessoa por pessoa. Forças internas tentaram empurrar os candidatos deles, mas no final graças a todo o meu trabalho honesto, firme e sem mancha, foi reconhecido pela população. 2.850 pessoas votaram e obtive 1.788 votos. Foi inacreditável pois eram quatro candidatos para três vagas, e ganhar uma reeleição com os votos de americanos ricos em uma cidade nobre reforçou o sentimento de que continue quebrando barreiras”, concluiu Carlos.

Contatos: [email protected].

Fonte: Brazilian Voice

Comentários Facebook