Brasileira está em estado grave depois de levar tiros do marido em Boynton Beach

Amigos, familiares e a comunidade brasileira que vive na Flórida estão se mobilizando para ajudar nos custos do tratamento de Teresa Cristina Dias, vítima de violência doméstica na última quarta-feira (18), em Boynton Beach (FL).

De acordo com pessoas próximas, Teresa teria levado dois tiros no rosto e um no ombro e está em estado grave no Delray Medical Center. O acusado pelo crime é o marido, identificado como Rodrigo, que tentou se matar em seguida dando um tiro na própria boca. Segundo os médicos, o estado do acusado é estável e ele poderá ter alta em duas semanas.

No caso de Teresa, os médicos retiraram a bala do ombro, mas
ela ainda está com uma bala alojada na cabeça. As próximas horas serão decisivas.

Uma página no GoFundMe foi criada para angariar recursos para o tratamento e para os dois filhos do casal, que estão sob cuidados de amigos próximos.

“Estamos criando esta página para ajudar a nossa grande
amiga Teresa Dias. Ela é mais uma vítima de violência doméstica, um problema sério
que acontece hoje em dia. Ela está lutando por sua vida no hospital em estado
grave. Para todos vocês que conhecem Teresa, sabem que ela tem um coração
enorme e sempre está pronta para ajudar qualquer pessoa que precisa”, diz a
página no GoFundME. “Agora é a nossa vez de ajudá-la. Para os que não a
conhecem, estamos pedindo sua ajuda por esta causa. Ela tem 2 crianças que
estão sendo cuidados por amigos e família. Qualquer ajuda é extremamente
importante e agradecemos de coração. Todo o dinheiro será usado para as
crianças e qualquer outra coisa relacionada com essa tragédia. Por favor
compartilhem esse link com amigos e familiares e mantenha as orações”.

Entenda o caso

O Palm Beach Sheriff’s Office informou que uma disputa doméstica em um mobile home em Boynton Beach (FL) acabou com duas pessoas gravemente feridas a tiros. O tiroteio aconteceu por volta de 6 da manhã de quarta-feira (18) no 2300 da NW 17th Avenue, perto da Congress Avenue, quando um homem e uma mulher foram encontrados feridos a bala.

Segundo fontes ligadas ao jornal Brazilian Times, os
envolvidos seriam brasileiros. De acordo com a fonte obtida pelo jornal, a
brasileira teria ido à polícia solicitar proteção, pois queria se separar e o
marido não estava aceitando a situação e que a estaria vigiando e perseguindo.

Na terça-feira (17), ele teria descoberto que ela foi à
polícia e começou a discussão que terminou na quarta com o tiroteio.

Para ajudar, clique aqui.

Fonte: AcheiUSA

Comentários Facebook