Políticas públicas para a juventude são tema de debate em comissão

A Comissão de Educação debate na terça-feira (19) as políticas públicas voltadas para a juventude no Brasil, atendendo a requerimento do deputado Rafael Motta (PSB/ RN).

Secretário da Juventude da Câmara, o deputado diz que o tema vem ganhando espaço e se consolidando no Brasil como uma questão de relevância, mas ainda há muito para se conquistar no que se refere à necessidade de políticas que tenham os jovens como público-alvo.

O Dia Internacional da Juventude, celebrado no dia 12 de agosto, pretende, segundo Motta, dar mais visibilidade aos problemas enfrentados por essa parcela da população, como o morticínio juvenil, a educação de baixa qualidade, as más condições de vida e o desrespeito aos direitos do cidadão.

“Acreditamos que os convidados ao debate poderão apresentar sugestões de aperfeiçoamento à legislação voltada para a juventude brasileira”, diz o deputado.

Convidados
Foram convidados para a audiência o secretário nacional da Juventude, Francisco de Assis Costa Filho; o presidente do Conselho Nacional da Juventude, Anderson Pavin Neto; a presidente da União Nacional dos Estudantes, Marianna Dias; o secretário da Juventude Socialista Brasileira, Tony Siqueira Sechi; o presidente da União da Juventude Brasileira, John Lennon Silva dos Santos; e o coordenador da Pastoral Juvenil da CNBB, padre Gilson Jardene, entre outros.

A audiência está marcada para as 10 horas, no Plenário 10.

Fonte: Agência Câmara de Deputados