Família de detento morto em rebelião no Ceará deve receber R$ 90 mil de indenização 

O Estado contestou o processo afirmando não haver comprovação de parentesco do falecido com as crianças e a mulher. Porém, foi comprovado posteriormente, por meio de documentos, a mulher era mãe do preso.

Fonte: G1