Defesa de Lula apresenta mais recibos de pagamento de aluguéis de imóvel investigado na Lava Jato

O MPF, por sua vez, contesta a originalidade dos documentos. Os procuradores abriram um incidente de falsidade criminal, procedimento para investigar a origem de provas anexadas a um processo. Para eles, os recibos são ‘ideologicamente falsos”.

Fonte: G1