Biden assina ordens executivas migratórias anulando ações de Trump

tempFileForShare 20210203 105928 1 1024x593 Biden assina ordens executivas migratórias anulando ações de Trump
Caravana de pessoas provenientes na Guatemala marcham em direção à fronteira mexicana

O presidente Joe Biden assinou na última terça-feira (2) três ordens executivas anulando decretos de Trump que visavam dificultar a vida dos imigrantes indocumentados vivendo no país.

Biden cumpriu sua promessa de campanha e criou uma força-tarefa visando reunir famílias separadas pela administração de seu antecessor.

“Eu não estou criando novas leis, estou eliminando algumas ruins”, disse o presidente ao lado de sua vice Kamala Harris e o recém-confirmado diretor do departamento de segurança nacional (Homeland Security), Alejandro Mayorkas.

“Essas medidas fortalecerão a América e nos tornarão mais prósperos, tendo um sistema migratório mais justo e humano”, disse o presidente.
Um dos assuntos abordados por Biden diz respeito as caravanas de indocumentados que cruzam a América Central e tentam atravessar a fronteira entre México e Estados Unidos, num expediente que ficou conhecido entre os imigrantes como ‘cai-cai’. Na política de Donald Trump, para as autoridades, a ação coletiva era chamada de “Fica no México” (Remain in México). Biden quer encontrar uma maneira de ajudar a milhares de imigrantes que buscam asilo nos EUA, enquanto esperam em condições sub-humanas em território mexicano.

Os indocumentados de baixa renda, principais alvos da política de Trump, parecem ter encontrado um aliado no novo presidente, que quer a criação de uma reforma migratória ampla. Enquanto isto não acontece, Biden prometeu diminuir a burocracia que atravanca os processos de legalização já em curso, facilitando o acesso de portadores de green cards à cidadania.

Fonte: Brazilian Voice

Comentários Facebook