Polícia de Boston confirma envolvimento de policial com prisão feita pelo ICE

A ACLU de Massachusetts está pedindo à polícia de Boston que forneça mais informações…

A ACLU de Massachusetts está pedindo à polícia de Boston que forneça mais informações sobre a chamada “força-tarefa conjunta” entre o departamento e as autoridades federais de imigração. Um processo do Departamento de Trabalho dos EUA apresentado na semana passada no Tribunal Federal de Boston provocou perguntas sobre a existência de tal força-tarefa.

O processo alega que a Tara Construction, com sede em Boston, retaliou um funcionário que não é residente legal dos Estados Unidos. Jose Martin Paz Flores foi preso por autoridades federais de imigração em 2017 depois de deixar uma reunião de indenização dos trabalhadores com seu chefe. Autoridades trabalhistas federais dizem que o detetive da polícia de Boston, Gregory Gallagher, trabalhou com os agentes de imigração para prender o imigrante.

Carol Rose, que dirige a ACLU de Massachusetts, disse que está preocupada com a força-tarefa mencionada no processo e pediu transparência à polícia da cidade de Boston. “E isso inclui dar uma boa olhada no tipo de compartilhamento de informações que existe entre o Departamento de Polícia e os funcionários do Departamento de Imigração e Alfândega (ICE, sigla em inglês)”, disse.

Rose quer saber exatamente quais dados a polícia de Boston compartilha com o ICE e outras autoridades federais. “A existência de uma força tarefa BPD/ICE destaca a distância que ainda precisamos percorrer antes que possamos realmente dizer que nossa cidade está fazendo todo o possível para proteger e defender nossos vizinhos imigrantes, colegas de trabalho e amigos”, diz ela.

O detetive da polícia de Boston, John Boyle, porta-voz da força, afirmou que Gallagher é o único oficial designado para o Departamento de Segurança Interna dos EUA (DHS) e para o ICE. Ele disse que é uma parceria que existe há mais de 10 anos.

De acordo com as investigações a Tara Construction não possuía seguro de compensação de trabalhadores no momento em que o imigrante caiu de uma escada no trabalho. Os donos da empresa checaram pediram para checar a identidade dos funcionários e a história acabou nas mãos de Gallagher, que contato do ICE.

Fonte: Redação Braziliantimes

Fonte: Brazilian Times

Comentários Facebook