Mineiro morre ao tentar atravessar a fronteira dos EUA

O que parecia ser o início da realização de um sonho tornou-se o pior dia na vida dos…

O que parecia ser o início da realização de um sonho tornou-se o pior dia na vida dos familiares do produtor rural Ivandro Ramos Santiago, 38 anos de idade. Ele foi mais uma vítima da perigosa travessia que milhares de imigrantes enfrentam todo dia para entrar nos Estados Unidos através do México.

Ivandro, que morava na zona rural de Itaipê, no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, deixou o Brasil o no dia 24 de agosto, junto com dois amigos que conseguiram completar a travessia, mesmo sendo detidos por agentes da Patrulha de Proteção de Fronteiras (CBP, sigla em inglês). O mineiro não teve a mesma sorte e morreu no caminho.

A morte foi confirmada no dia 14 deste mês e quem recebeu a notícia foi uma enteada dele. Até o momento há poucas informações sobre o que realmente aconteceu. O Brazilian Times conversou com uma pessoa próxima à família, no Brasil, a qual relatou que um dos amigos foi liberado e o outro aguarda julgamento. Quanto ao Ivandro, “a única coisa que se sabe é que ele passou mal e caiu de cima de um muro”.

Na queda, ele bateu a cabeça em algumas pedras e foi parar em um rio, sendo levado pelas correntezas.

Após ele deixar o Brasil, os familiares ficaram sem notícias até semana passada, quando foram informados da morte. Ninguém informou quem ou como o corpo dele foi retirado das águas e agora, a luta da família é tentar fazer o translado ao Brasil. Para isso uma campanha foi iniciada com o objetivo de arrecadar a quantia de R$ 10 mil.

Uma conta foi colocada á disposição para quem quiser fazer uma doação. A conta está em nome de Maria Elza Dias dos Santos, no banco Itaú, agência 5564, conta corrente 13.576-1.

Através de um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores afirmou que está a acompanhar o caso e vai prestar a assistência consular necessária pela família.

Fonte: Redação – Brazilian Times.

Fonte: Brazilian Times

Comentários Facebook