Julgamento de brasileira acusada de assassinato começa na segunda

O julgamento da brasileira Claudia Hoerig, acusada de assassinato agravado, começará na manhã…

O julgamento da brasileira Claudia Hoerig, acusada de assassinato agravado, começará na manhã de segunda-feira, dia 14, no tribunal de Apelação do Condado de Clerk, em Warren (Ohio). A princípio acontecerão interrogatórios individuais dos jurados para determinar o que eles sabem sobre o caso, seguido pela seleção de jurados no grupo normal.

Durante uma audiência prévia, o juiz Andrew Logan falou sobre alguns assuntos pendentes, entre eles se o ex-marido de Claudia, o Dr. Thomas Bolte, deNew York, teria permissão para depor.

Mas o Promotor do Condado de Trumbull, Dennis Watkins, disse que os promotores não ligariam para o Dr. Bolte.

Claudia, de 54 anos, é acusada de homicídio agravado na morte de seu marido, o major Karl Hoerig, em 2007, em sua casa em Newton Falls.

Eles também discutiram uma declaração de Claudia Hoerig que foi transcrita por um estenógrafo e se os jurados teriam direito de vê-la.

Chris Becker, Promotor-assistente, disse que a declaração será fornecida aos jurados, mas eles serão instruídos que não são provas e que todas as evidências virão do banco das testemunhas.

Os advogados de defesa também se opuseram ao uso de fotos de autópsia de Karl Hoerig. Becker disse que cerca de 10 ou 11 fotos serão fornecidas para os advogados de defesa e oficiais do tribunal antes do julgamento começar feira e que haverá uma determinação sobre se todas elas podem ser usadas.

Fonte: Redação – Brazilian Times

Fonte: Brazilian Times

Comentários Facebook