Governador do Texas convoca fazendeiros e rancheiros para sua campanha de “fomentar o medo” contra imigrantes

A comunidade agrícola do Texas enfrenta um forte dilema entre a necessidade de trabalhadores e…

A comunidade agrícola do Texas enfrenta um forte dilema entre a necessidade de trabalhadores e o desejo de criminalizar os imigrantes indocumentados.

Durante semanas, Claudia Muñoz recebeu telefonemas de advogados e defensores da Operação Lone Star, a nova iniciativa caótica do governador de promover a segurança na fronteira, que permite que policiais prendam e imigrantes sob acusações criminais como invasão de propriedade.

Muñoz, co-diretora executiva da organização Grassroots Leadership, com sede em Austin, decidiu dirigir para o sul, até o condado de Val Verde, para ver como a iniciativa de Abbott estava funcionando. Mas, primeiro, ela compareceu a uma reunião com fazendeiros organizada pelo xerife do condado de La Salle, Anthony Zertuche.

“Eu cheguei lá e vi principalmente fazendeiros brancos mais velhos no meio da multidão e, honestamente, foi difícil ficar parada”, disse ela, que é uma ex-imigrante indocumentadas. “Eles chamavam os imigrantes de ‘ilegais’, comparando-os aos animais; disseram que eram de uma raça diferente; e eles disseram que os imigrantes estavam trazendo Covid para o país. Mas a pior coisa foi quando os funcionários públicos começaram a explicar como apresentar queixa contra os imigrantes”.

Para realizar a Operação Lone Star, Abbott implantou recursos extraordinários em condados próximos à fronteira sul – incluindo cerca de um quarto da força policial do estado e membros da Guarda Nacional, o que forçou o fechamento de um banco de alimentos em El Paso onde os membros da guarda estavam implantado. Em meados de agosto, centenas de imigrantes foram presos no condado de Val Verde e próximo ao condado de Kinney, de acordo com o The Texas Tribune. As audiências foram transmitidas ao vivo no canal do Val Verde County, no YouTube.

Mas, como a reunião municipal do condado de La Salle deixou claro, a Operação Lone Star também conta com a participação de fazendeiros e rancheiros, que estão sendo instruídos pelas autoridades policiais e estaduais a preencherem relatórios policiais sobre os migrantes encontrados em suas propriedades. “Percebi que Greg Abbott está direcionando policiais para a Operação Lone Star, e que policiais estão organizando fazendeiros para abrirem processos contra os imigrantes”, disse.

Antes da pandemia e da Operação Lone Star, os imigrantes detidos enquanto cruzavam a fronteira sem autorização eram entregues às autoridades federais de imigração. Aqueles que temiam perseguição em seus países de origem seriam conduzidos ao processo de asilo e todos os demais seriam eventualmente deportados. Mas, sob esta nova atitude do governador, que foi lançada em março, os imigrantes que supostamente são pegos em propriedades privadas enquanto tentavam entrar no país agora estão sendo presos por crime estadual de invasão de propriedade.

Muñoz está na luta pelos direitos dos imigrantes há mais de uma década, mas disse que ficou chocada com o que presenciou em sua viagem. Ela destacou que os condados próximos à fronteira pareciam “território ocupado” ​​por soldados estaduais de todo o Texas e de lugares distantes como Flórida e Iowa.


Apoiem os Pequenos negócios. Mantenha a economia girando!

ATLAS CABLE- A melhor promoção da Comcast para você ter internet de 1GB. O triple play tem equipamentos HD, 185 canais americanos e lations. Por apenas: $79.99. Estamos localizados  no 493 Broadway, Everett (MA). Ligue: (781) 816-7330.

CUCKOO SIGNS- Gráfica especialista em fazer o seu negócio aparecer. Adesivos. Camisetas. Website. Estamos localizados no 72 Chelsea Street, Everett (MA). Tel: 857-266-3801

Seguros- Barato, completo e confiável. Não cobramos entrada para começar o seguro. Cotações grátis e sem compromisso: -Automóvel-Comercial-Aluguel-Residêncial. Gabrielli Lopes, Agente Licenciada: (781) 608-8547- Whats App – (978) 212-9641- Office. Email: [email protected]

Fonte: Redação Brazilian Times

Fonte: Brazilian Times

Comentários Facebook