Técnica de micropigmentação beneficia mulheres na reconstrução dos seios

A esteticista Vanessa Valin, da “V&V Aesthetics”, faz importante trabalho na reconstrução dos seios. 

 

A técnica de micropigmentação de aréolas permite a reconstrução parcial ou total dos seios, aproximando-se ao máximo da naturalidade. Esta técnica é utilizada em pacientes que realizaram, mastectomia, mamoplastia, ginecomastia, entre outros.  Em entrevista ao “Site Nossa Gente”, a esteticista Vanessa Valin, da “V&V Aesthetics”, fala de vitiligo, sombracelhas e de recuperação capilar

 

Da Redação

Formada em Estética nos EUA, Vanessa Valin, da “V&V Aesthetics”, em Orlando, trabalha com a técnica de micropigmentação para a reconstrução dos seios – mamas com cicatrizes, retiradas em acidentes ou cirurgias, submetidas ao processo de quimioterapia e radioterapia –, deixando os mamilos mais simétricos, devolvendo a autoestima às mulheres que retiraram as mamas. A aréola e mamilo, segundo a esteticista, são pigmentados com tatuagem médica através de técnica estéril, com resultados altamente positivos. “A célula cancerígena fica no bico do seio, com isso é feita a retirada total da mama e colocada próteses de silicone, que perde o formato e deixa cicatrizes. Isso afeta a mulher, a deixando constrangida. O meu trabalho consiste em reconstruir essa mama através do processo de pigmentação. Essa espécie de maquiagem pode ter função estética, para quem quer deixar os mamilos mais simétricos, quanto para reconstruir visualmente um mamilo retirado em acidentes ou cirurgias como as de reconstrução da mama — comuns em casos de câncer”, explica.

“É um trabalho que realizo com demógrafo, que tatua a aréola e o mamilo, chegando ao tom da pele da paciente, em processo que pode ocorrer em três sessões, de 30 a 90 dias, dependendo do caso. Após a primeira sessão,30 dias depois é feita a segunda sessão e a terceira sessão, consecutivamente. É importante ressaltar que só faço a reconstrução dos seios após seis meses depois do tratamento do câncer, com a autorização do médico. O ideal seria esperar um ano, mas se o médico autorizar então inicio o procedimento necessário para o trabalho de reconstrução da mama”, alerta a esteticista.

 

Micropigmentaçao de aréolas tem ótimo resultado – “É uma área muito sensível do corpo, e a pele é o maior órgão do nosso corpo. E se a pessoa é muito magra, não tem pele o suficiente para realizar a cirurgia, então é retirado à pele de outra parte do corpo. É um processo muito delicado, e, em se tratando da mulher, mexe muito com o lado emocional, pode causar diminuição da autoestima e consequente constrangimento ao se despir”, complementa.

Indagada sobre os resultados positivos de sua a técnica de micropigmentação para a reconstrução dos seios, Vanessa Valin coleciona uma série de bons momentos com suas clientes ao término do trabalho, o que a deixa extremamente gratificada. “Elas choram, elas se emocionam quando veem a sua imagem refletida no espelho, com os seios reconstruídos. E quando voltam para uma segunda sessão, estão mais animadas, felizes, inclusive se vestindo melhor. É a reconquista do estímulo de viver bem, sem constrangimentos”, relata.

 

Atendimento gratuito no “Outubro Rosa”

Segundo Vanessa Valin, durante a campanha do “Outubro Rosa”, ela faz trabalhos gratuitos, geralmente atendendo mulheres com baixa renda financeira e que passaram pelo processo de retirada da mama. “As mulheres que me procuram neste período eu não cobro. Muitas mulheres não têm condições financeiras para fazer a reconstrução de mama, e se sentem envergonhadas. Não meço esforços em ajudar a quem precisa e essa tem sido a minha contribuição com a campanha do ‘Outubro Rosa”, comenta.

E, além da reconstrução da mama, a esteticista também trabalha com sobrancelhas, estética capilar e a técnica de camuflagem de manchas acrômicas/vitiligo. Conhecida como maquiagem temporária, o método consiste em valorizar, corrigir e modificar a simetria facial, não só das sobrancelhas — disfarçando cicatrizes, pequenas falhas e comprimento —, como também de olhos, contorno labial e couro cabeludo. “Para pessoas com vitiligo, aplico uma técnica que camufla as manchas, com coloração dos tons da pele do cliente, seja homem ou mulher, e os resultados são muito satisfatórios. É uma técnica que aplica pigmentos no tom mais próximo possível da pele, com o propósito de alcançar a harmonia da coloração do tecido”, destaca.

“Também mulheres que perdem o cabelo com a quimioterapia, podem ter uma ótima recuperação com a técnica capilar. Homens com calvície podem corrigir o problema que às vezes incomoda”, diz.

Com uma vasta clientela em Orlando, Vanessa Valin, quando consultada, fala do universo masculino, hoje buscando a estética capilar e os benefícios que a técnica da micropigmentação proporcionam. “Os homens que atendo são pessoas que querem corrigir falhas capilar, cicatrizes, e manchas de pele que podem ser harmonizadas com o tom da pele. O homem está preocupado com a estética e não se priva dos benefícios que lhes são disponibilizados”, acrescenta Vanessa.

 

Serviço

“V&V Aesthetics”

7485 conroy Windermere rd suite c , Orlando FL 32835

Fone – 407-470-6218

Fonte: Nossa Gente

Comentários Facebook