Biden está à frente no Colégio Eleitoral; furioso, Trump quer parar a contagem de votos!

Joe Biden mantém otimismo e sai à frente no Colégio Eleitoral; Donald Trump vai à Justiça

 

Projeção aponta 238 delegados para Joe Biden e 213 para Donald Trump. A campanha do candidato democrata declarou em um comunicado ter equipes jurídicas de prontidão caso Trump mantenha a ameaça de ir à Justiça para parar a contagem de votos

 

Da Redação

Até o momento da publicação desta matéria, nas primeiras horas desta quarta-feira, Joe Biden aparece à frente no Colégio Eleitoral – composto de 538 delegados –, com  238 delegados a favor, enquanto Donald Trump está com 213 delegados, lembrando que estados chave como Michigan, Wisconsin e Pensilvânia ainda não têm projeção de vencedor – para ganhar a eleição é necessário 270 delegados. Irritado, e dizendo que irá à Suprema Corte para interromper a contagem de votos, Trump fez um pronunciamento na madrugada, visivelmente abalado, dizendo que é uma fraude. Em contrapartida, Biden mostra-se otimista e discursou brevemente nesta manhã, afirmando que “estamos no caminho certo para a vitória”.

“Sabíamos que teríamos que esperar, teríamos que ser pacientes”, disse o democrata. “Acreditamos que estamos no caminho para ganhar esta eleição. Viramos no Arizona, ainda estamos no jogo na Geórgia. E vamos ganhar na Pensilvânia!”, continuou. “Pode demorar um pouco mais. Não é minha função ou de Donald Trump declarar quem ganhou esta eleição, isso é uma decisão do povo americano. Mantenham a fé, nós vamos ganhar!”, enfatizou Biden.

A grande expectativa está voltada para aos estados chave, Michigan, Wisconsin e Pensilvânia que ainda não têm projeção de vencedor, mas que apontam o favoritismo de Joe Biden. Projeção aponta 238 delegados para Biden e 213 para Trump. A campanha do candidato democrata declarou em um comunicado ter equipes jurídicas de prontidão caso Trump mantenha a ameaça de ir à Justiça para parar a contagem de votos. “Se o presidente cumprir sua ameaça de ir à Corte para tentar evitar a tabulação correta de votos, nós temos equipes jurídicas prontas para se mobilizar para resistir a esse esforço”, disse a gerente da campanha de Biden, Jen O’Malley Dillon

No discurso proferido em Washington, na Casa Branca, Trump afirmou que o prolongamento da contagem “é uma grande fraude” e que se prepara para ir a Supremo Tribunal contestar os votos ainda por contabilizar. “Queremos que todas as contagens parem. Não queremos que encontrem votos às 4 da manhã e que os adicionem à lista”, disse.

Já Joe Biden, ainda antes de saber ter conquistado o Arizona aos republicanos, mostrou-se mais moderado, mas confiante. “Estamos muito otimistas em relação ao Wisconsin e ao Michigan. E já agora, vai levar tempo a contar os votos. Vamos ganhar a Pensilvânia”, proferiu o candidato democrata no seu discurso.

Os democratas depositam agora esperanças nos milhões de votos por correio que ainda vão ter de ser contados e de forma manual, ao contrário do que Trump tem vindo a insinuar, o processo ainda está longe de ter terminado e pode vir só a ter resultados mais definitivos no final da semana.

 

BIDEN: 238 DELEGADOS

Vermont: 03
Massachusetts: 11
Rhode Island: 04
Connecticut: 07
New Jersey: 14
Delaware: 03
Maryland: 10
Virginia: 13
Illinois: 20
Nova México: 05
Nova Iorque: 29
Distrito de Colombia: 03
Colorado: 09
New Hampshire: 04
Califórnia: 55
Oregon: 07
Washigton: 12
Hawaii: 04
Minnesota: 10
Nebraska: 01
Arizona: 11
Maine: 3

 

TRUMP: 213 DELEGADOS

West Virginia: 05
Kentucky: 08
Tennessee: 11
Mississipi: 06
Alabama: 09
Carolina do Sul: 09
Oklahoma: 07
Arkansas: 06
Indiana: 11
Dakota do Norte: 03
Dakota do Sul: 03
Wyoming: 03
Nebraska: 04
Louisiana: 08
Kansas: 06
Missouri: 10
Idaho: 04
Utah: 06
Ohio: 18
Montana: 03
Iowa: 06
Flórida: 29
Texas: 38

 

 

 

Fonte: Nossa Gente

Comentários Facebook