Brasileira que atravessou os EUA de bicicleta revela que enfrentou coiotes e foi presa

As pessoas determinadas quando colocam algo na cabeça, jamais desistem dos sonhos. Este foi o…

As pessoas determinadas quando colocam algo na cabeça, jamais desistem dos sonhos. Este foi o caso de Juliana Hirata, que entrou para a história por ter atravessado parte dos Estados Unidos de bicicleta. Ela cursou um mestrado em Conservação e Biodiversidade Vegetal para entender o impacto que as pessoas causam nas trilhas. Para isso, frequentou Unidades de Conservação e a acompanhou de perto a relação dos seres humanos com a natureza.

Ela até tentou estudar na Universidade de Yale, chegou a ganhar a bolsa de estudos, mas foi reprovada no teste de inglês. Como ele não desiste, arrumou as malas e partiu para uma experiência de dois anos na Europa para aperfeiçoar o inglês e aplicar para programas de doutorado.

Durante este período, fez viagens de bicicleta e depois voltou para o Brasil, mas com os planos de ganhar o mundo outra vez. O marido dela abriu um café e uma loja de bicicletas e isso consumiu grande parte do seu tempo. O sonho de conquistar o planeta começava a ficar distante.

Mas ela decidiu largar tudo e em julho de 2015 pediu o divórcio e seguiu seu sonho. Vendeu tudo, pagou as contas e criou o projeto Extremos das Américas, que permitiu que ela viajasse de bicicleta, sozinha, entre as Américas do Norte e do Sul, do Alasca (Estados Unidos) ao Ushuaia (Argentina).

Através desta experiência, ela conheceu algumas dezenas de Unidades de Conservação e entendeu a relação entre homem e natureza. Para fazer a viagem, ela gastou em média de US $ 10 por dia. O objetivo inicial era fazer o percurso em dois anos, mas devido à escassez de dinheiro e depois a pandemia, ela, que saiu do Alaska, ainda está no Equador.

Juli, como é mais conhecida, já passou pelos Estados Unidos, Canadá, México, Belize e alguns países da América Central.

Até chegar no Equador, país em que está hoje, ela passou pelos Estados Unidos, Canadá, México, Belize e alguns países da América Central. Juli relata que durante a sua viagem, quando chegou no México, foi atacada por coiotes e foi presa. Na cidade de Baja Califórnia, ela precisou passar uma noite no meio do deserto.

Em uma reportagem publicada pelo site UOL, ela revelou que abriu a barraca, se deparou com coiotes tentando pegar sua comida. Ela gritou, tentou espantá-los, mas eles não queriam ir embora. Foram momentos tensos e que lhe deixaram com muito medo. Depois de inúmeras tentativas, eles foram embora, mas era quase impossível dormir. Ela então arrumou suas coisas e, mesmo cansada, abandonou o lugar.

Ela lembra que ficou exausta e chorava muito.

Em outra parte da viagem, ela vivenciou uma situação de violência doméstica no interior do México. Para ajudar a mulher que estava apanhando do marido, ela bateu no homem, que caiu desacordado. Todos foram para o hospital e quando a polícia chegou, ela disse que desejava denunciar o caso à polícia.

Os oficiais concordaram, mas disseram que ela também iria para a cadeia, já que o esposo da vítima foi agredido. “Eu me recusei a pagar propina e entregar meu passaporte. Passei dois dias na cadeia, mas no final foi até que confortável. Tomei dois banhos, comi comida fresca. Encarei como um quarto de luxo”, relembra.

Ela finalizou dizendo que chegar ao Ushuaia não é mais um projeto e que viver na estrada já virou parte da sua rotina e hoje isso é a sua vida. “Se eu chegar na Argentina, não vou parar de viajar pelo mundo”, disse.

Esta aventura pode ser acompanhada pelo Instragram @juli_hirata

Juliana Hirata em seu primeiro dia de pedaladas, no Alasca

Apoiem os Pequenos negócios. Mantenha a economia girando!

BRACK LAW- O seu advogado brasileiro nos EUA. Aplicação para visto de estudante. Ajustamento de status para Green Card. Apelação, cancelamento e suspensão de exclusão e deportação. Asilos e cidadanias. Casos criminais. Divórcios. E muito mais. Estamos localizados no 648 Central Street, Lowell (MA). Tel: 978-453-7225

DENTPLANT- Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje. Cuide de sua saúde bucal! Consulta + exame clínico + raio X $70. Limpeza comum: $120. Estamos localizados em Framingham (508) 872-2624 e Somerville (617) 591-9888.

CHINATTI REALTY GROUP- Com um vasto conhecimento na área imobiliária e profunda conhecedora das leis que englobam este mercado, Jaqueline pretende ajudar seus clientes a obter o melhor resultado na hora de comprar a sua casa. Informações: (603) 689-4517

Fonte: Redação – Brazilian Times.

Fonte: Brazilian Times

Comentários Facebook